26 de out de 2010

Proteja-se com a figa

Considerada um amuleto contra o mau-olhado e a inveja, a figa representa o polegar colocado entre os dedos indicador e médio. Diz-se que "fecha o corpo" de quem a usa.
A sabedoria popular afirma que, quando se perde uma figa, é aconselhável não procurá-la, pois acredita-se que ela leve todo o mal acumulado.

Costuma-se usá-la no pescoço, presa a um cordão, ou em pulseiras. Há ainda figas que empregam materiais como arruda e guiné, plantas tidas como muito próprias para afastar energias negativas.


Na Grécia e Roma antigas, a figa era usada como amuleto sexual em cultos à fertilidade e à fecundidade, e podia ser vista no pescoço de mulheres e crianças. O polegar entre os dedos médio e indicador representaria o órgão masculino penetrando o triângulo feminino. Os povos clássicos acreditavam que, ao portar tal objeto, a pessoa afastaria o risco de se tornar infértil. Arqueólogos encontraram inúmeras figas nas ruínas de Pompéia e Herculano.
Com o tempo, a figa passou a ser utilizada também para proteção contra mau-olhado, feitiços e influências negativas. Trazida ao Brasil pelos europeus, rapidamente ganhou fama de amuleto poderoso e terminou por ser incorporada à tradição afro-brasileira.
Fonte: Vida Simples


Na Ervanária Central, você encontra diferentes modelos de figa, em diversos materiais.

Nenhum comentário: